sábado, 14 de outubro de 2017

São Miguel do Gostoso chega à reta final de 2017 com grandes eventos e oito novos restaurantes na cidade



Por Emanuel Neri
E a reta final do ano de 2017 vai chegando com muitas novidades, atraentes e positivas, para São Miguel do Gostoso.
Novos restaurantes, e novos eventos - culturais, esportivos e festivos – tudo isso vai “esquentar”  mais o final do ano da cidade.
Dois grandes eventos vão movimentar muito a cidade – e atrair mais turistas. Um deles é a Mostra de Cinema de Gostoso (foto à esquerda), que acontece entre 17 e 21 de novembro, na praia do Maceió. O segundo deles é o “Réveillon Gostoso”, que começa dia 27 de dezembro com cinco grandes festas e atrações nacionais e internacionais.
A Mostra de Cinema de Gostoso é um dos maiores acontecimentos culturais de São Miguel do Gostoso. São cinco dias com a exibição de dezenas de filmes da melhor produção do cinema nacional. Jovens locais também contribuem com a programação da Mostra, com a apresentação de filmes dirigidos e produzidos por eles.
Já o ‘Réveillon Gostoso” tem atrações do porte do Fat Boy Slim, um dos maiores DJs do mundo, que se apresenta na cidade no dia 29 de dezembro. Outra grande atração, nacional, é o cantor baiano Bel Marques, cujo show será dia 28 de dezembro. Fat Boy Slim e Bel Marques vão atrair muita gente para a cidade.
O “Réveillon Gostoso” será realizado em uma arena especial, na estrada entre São Miguel do Gostoso e a praia do Reduto. Este ano até mesmo a festa de virada do ano, na noite do dia 31 de dezembro, será realizada nesta arena especial. No ano passado, esta festa ocorreu no farol do Calcanhar, em Touros.
E tem também evento esportivo de primeira qualidade. De 3 a 5 de novembro, haverá a etapa potiguar de Beach Tênis, na praia do Maceió. São Miguel do Gostoso já realiza dois outros grandes eventos de Beach Tênis. Um deles é a etapa nacional e internacional deste esporte, que ocorreu em julho passado, na Ponta do Santo Cristo.
O outro grande evento de Beach Tênis foi o Circuito Mormai, também em julho, na praia do Cardeiro. Depois destes dois grandes eventos, agora é a vez da etapa potiguar de Beach Tênis, organizada pela Federação Potiguar de Tênis. Mais uma vez haverá atletas e admiradores deste esporte na cidade.
E tem mais. Ainda em outubro, o Iasnin, Ong local, dará continuidade à série de exposições de arte que tem apresentado na cidade. Fotos de um dos maiores fotógrafos do Brasil serão expostos na Galeria ArteZero, do Iasnin. Um  fotógrafo de São Miguel do Gostoso também fará parte desta exposição.
Em setembro, o Iasnin apresentou a exposição de Felipe Carvalho, artista plástico cearense que mora na cidade. Esta exposição fez parte da Primavera do Amor, evento social e cultural que ocorreu em São Miguel do Gostoso no dia 23 de setembro, início da primavera. As obras de Felipe continuam no Iasnin.
Gastronomia de primeira
Mas há outras iniciativas acontecendo em São Miguel do Gostoso. Recentemente, pelo menos mais oito novos restaurantes abriram na cidade. Sinal de que a cidade assume cada vez mais seu papel de polo gastronômico de grande importância. Há opções para todos os gostos – e bolsos.
Só na rua que dá acesso à praia da Xepa há quatro novos restaurantes. O vegetariano/vegano Na Vida, o Bistrô 70m2, do chef italiano Lorenzo, e o Viejo Fred, argentino. Há ainda o Mima, do grupo da Pizzaria Quintal, que no final do ano passado funcionou como restaurante de comida japonesa.  Agora tem outro cardápio.
Mas há também restaurantes de empreendedores locais, e de ótima qualidade. Um deles é o Senhor Gostoso, numa rua próxima ao Correio. O outro é o Baboom, na avenida dos Arrecifes, no Maceió, de um chef que já trabalhou no restaurante Tuk-Tuk. Há ainda o Kaneco, também na Arrecifes. Por último há o Catamarã, no local onde antes funcionava o Peixe e boi.
Como vocês veem, São Miguel do Gostoso chega á reta final de 2017 com  muitas novidades – sociais, culturais, esportivas e gastronômicas. Ótimo para a cidade, que se consolida como importante destino turístico do Nordeste.  E sempre realizando eventos que atraem grande quantidades de turistas.

domingo, 1 de outubro de 2017

Boa ação de médicos cubanos do "Mais Médicos" em São Miguel do Gostoso vira filme de jovens cineastas



Por Emanuel Neri
Vocês lembram dos médicos cubanos Raul e Marlon que moraram em São Miguel do Gostoso entre 2014 e 2016?
Raul e Marlon faziam parte do programa “Mais Médicos”, criado pelo governo Dilma Rousseff (2011-2016) para atender populações pobres, em especial áreas que não contavam com assistência médica.  Estes profissionais do “Mais Médicos”, em sua maioria cubanos, integravam o Programa de Saúde da Família (PSF).
Pois a atuação dos doutores Raul e Marlon (foto acima) em São Miguel do Gostoso chamou a atenção de jovens cineastas que vieram à cidade fazer um filme com eles. O filme era sobre o “Mais Médicos”, mas o foco era a atuação de Raul e Marlon no município. Este filme acaba de ser lançado nacionalmente e se chama “Vem de Cuba”.
Com pouco mais de 40 minutos de direção, o “Vem de Cuba” – que está disponível na rede YouTube (link abaixo) – acaba de ser lançado em São Paulo, onde moram os diretores do filme. Estes jovens cineastas se chamam André Neves Sampaio e Felipe Rousseaux Campos Mello. A fotografia do filme é de José Vessoni.
Embora o “Vem de Cuba” foque exclusivamente a atuação dos médicos cubanos em São Miguel do Gostoso, o filme retrata, de um modo geral, a importância do programa “Mais Médicos” em todo o Brasil. Pode-se dizer que o “Mais Médicos” mudou o estilo de atendimento médico na rede pública de saúde no Brasil.
Como vocês devem lembrar, o “Mais Médicos” sofreu dura resistência de médicos brasileiros que temiam perder seus benefícios com a chegada dos profissionais estrangeiros, em especial cubanos.  Tratava-se de reação da classe médica brasileira para que, sem concorrência, obtivesse sempre altos salários na rede pública.
Mais o médico brasileiro que quisesse também podia participar do “Mais Médicos”. No entanto, por falta de procura, o governo brasileiro teve que recorrer a médicos estrangeiros, em especial cubanos. O salário de um integrante do “Mais Médicos” é um pouco superior a R$ 10 mil , com direito a casa para morar.
Os médicos estrangeiros, em especial os cubanos, mudaram para melhor a forma do atendimento na rede pública de saúde. Suas consultas eram demoradas, nunca menos que trinta minutos. O paciente era examinado nos mínimos detalhes. No exame clínico completo ouvia-se pacientemente o que o doente estava sentindo.
Foi este cuidado com o paciente que fez com que o “Mais Médicos” obtivesse um altíssimo índice de aprovação no Brasil. Entre os pacientes, a satisfação com o atendimento era de praticamente 100%. Quando Dilma deixou o governo, fruto de uma espécie de “golpe” parlamentar, chegou-se a falar que o “Mais Médicos” seria extinto.
Mas o governo Michel Temer, que sucedeu Dilma Rousseff, não teve coragem para extinguir o “Mais Médicos”. Temeu a repercussão na população pobre, que seria extremamente negativa. O “Mais Médicos” continuou, embora com algumas mudanças do projeto original. Mas ele continua na maioria dos municípios pobres.
Em São Miguel do Gostoso, Raul e Marlon ficaram até o final de 2016, quando retornaram a Cuba. O prazo de contrato dos profissionais do “Mais Médicos” é de três anos – por isso eles precisa voltar aos seus países de origem.
Mas o trabalho destes dois médicos em São Miguel do Gostoso foi altamente positivo. Basta ouvir, no filme, o depoimento dos pacientes. E também o depoimento de autoridades, com a então prefeita Fátima Dantas, responsável pela vinda de Raul e Marlon para o município. Pacientes se emocionam ao falar dos médicos.
Abaixo, link com a íntegra do filme “Vem de Cuba”. Ao ver o filme, você vai conhecer, com certeza, muitos dos pacientes - ou parentes deles - que foram submetidos aos cuidados dos doutores Raul e Marlon. Veja o filme e tire suas conclusões sobre um dos maiores programas de atendimento médico na rede pública de saúde já feito no Brasil.
No final do filme, uma paciente canta uma música, feita por ela, para saudar os médicos cubanos - e pedir para eles não voltarem a Cuba. A letra diz assim: “Se eu soubesse fazer feitiço/Eles iam mofar aqui e não saiam”.
Veja a íntegra do filme:

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Em dia de ação em São Miguel do Gostoso, Primavera do Amor planta sementes de paz, amor e da harmonia



Por Emanuel Neri
Foi um acontecimento extraordinário para  São Miguel do Gostoso.
No último sábado, dia 23 de setembro, a cidade comemorou a abertura da primavera. A Primavera do Amor realizou, durante todo o dia, inúmeras  atividades que vão marcar São Miguel do Gostoso para sempre. A população local conviveu com ações e conceitos que significam paz, amor,  harmonia - enfim, um mundo melhor para todos.
Organizada pela Rede Eu Sou do Amor e pela Ong local Iasnin, a Primavera do Amor começou plantando centenas de mudas de Jasmim do Caribe (chamada de buquê de noiva) na entrada da cidade. Em atividade paralela, um enorme mural (foto acima), ao lado do supermercado Vital, começou a ser pintado por artistas da cidade.
Mas a Primavera do Amor teve muito mais do que isso. A banda de música de Rio do Fogo, município próximo a São Miguel do Gostoso, animou os voluntários que participavam da atividade. A banda caminhou da entrada da cidade até o Iasnin, no centro, tocando marchinhas e animando o público.
À tarde as atividades continuaram no Iasnin e em outros pontos da cidade. As 14h, foram homenageados dez idosos de São Miguel do Gostoso. Receberam flores, sementes e mudas de plantas. Foi um dos pontos altos da Primavera do Amor. Os idosos representavam ali a história de São Miguel do Gostoso.
Durante a homenagem aos idosos, dois momentos importantes. Um deles foi apresentação de Dulcinéia Viegas, que declamou poemas, alguns de sua autoria. O poeta popular Duda da Boneca brincou com o público, soltou piadas e declamou poesias que emocionaram os presentes. Ambos muito aplaudidos.
Outro ponto alto foi a apresentação de Glácia Marilac, fundadora da Rede Eu Sou do Amor, que já reúne mais de 600 seguidores em Natal. Glácia falou do amor, da importância de todos abraçarem ações que valorizem a vida e a paz. Glácia declamou poesia que faz parte de um livro que lançou recentemente.
Ainda no Iasnin houve oficina, para crianças, de origami - técnica japonesa de trabalhar com papel. Outra atividade para crianças foi a leitura de histórias infantis. Integrantes da Primavera do Amor trouxeram livros para as chamadas “Gelatecas”, geladeiras que servem de bibliotecas, do Iasnin.  
Por volta das 16h, cerca de cem ciclistas seguiram em suas bicicletas para visitarem alguns pontos da cidade. Passaram pela igreja de Santa Luzia e pela rua da feira. Em seguida foram para a praia da Xepa, onde formaram um imenso coração de bikes e ciclistas. Tudo filmado por drone. Belo momento.
Ainda houve meditação coletiva e dança nas dunas da praia da Xepa. À noite, houve festa para os participantes da Primavera do Amor, no Espaço Girassol, na rua das Ostras. Dois grupos musicais animaram a festa. O primeiro a tocar foi o Substância Zero, grupo local. Depois se apresentou a DJ Mônica Tagliari.
Poucas vezes a população de São Miguel do Gostoso abraçou uma causa com tanta simpatia e dedicação. A Primavera do Amor contou com muitos voluntários locais, além de centenas de pessoas que vieram de Natal e de outras cidades. O evento chamou a atenção da mídia e teve grande repercussão.
Durante os dias que antecederam a Primavera do Amor, a InterTV Cabugi, do grupo Globo, fez reportagens e entrevistas com Glácia Marilac, organizadora do evento.  Na segunda (dia 25), vários noticiários daquela TV fizeram reportagens e mostraram belas imagens do evento, como o coração de bikes.
Com suas ideias e conceitos para uma vida de mais amor e harmonia, a Primavera do Amor veio para ficar. O evento será integrado ao calendário de São Miguel do Gostoso. A Prefeitura do município apoiou com entusiasmo a iniciativa. Carros pipa da prefeitura regavam as mudas que foram plantadas.
A Primavera do Amor plantou sementes de convivência com um mundo melhor em São Miguel do Gostoso. E vai ter desdobramentos com outras iniciativas  que estão sendo programadas para a cidade.
Veja, nos links abaixo, reportagens de TVs e jornais sobre a Primavera do Amor em São Miguel do Gostoso. Veja também o belíssimo vídeo feito, com o uso de drone, por Rennan Castro, que é de São Miguel do Gostoso.